Antes de querer um namorado deixe Deus curar seu coração

Sabe aquelas coisas chatas da vida que a gente custa a encarar? Falo da rejeição, do medo de se machucar, da amargura gerada por não enxergar as circunstâncias sob a ótica correta… Ah, são tantas e tantas as coisas que a gente simplesmente decide ignorar por parecer doloroso demais considerar possibilidades como “não vai ser do meu jeito” ou talvez “não acontecerá”… E pra sobreviver em meio a esse caos, a gente tende a dar um jeitinho, a se proteger e criar uns mecanismos pecaminosos que resultam em atitudes que só pioram a qualidade dos nossos relacionamentos. 

Desde a narrativa da criação apresentada em Gênesis, percebemos a inclinação do ser humano em desejar ter o conhecimento de Deus (Gn 3:5). Como pecadores, nossa limitação em compreender todos os aspectos relacionados ao passado e ao presente, somada à nossa natureza corrupta resulta, muito comumente, em más escolhas no pensar e no agir. Está lá dentro do nosso coração, e se não for tratado biblicamente toma nossos pensamentos e se converte em atitudes ruins (Mc 7:21).

Ao término desta reflexão, leia mais sobre feridas do passado em::

Não somos mais criança

Quem nunca passou por uma fase desfavorável e saiu dando alfinetadas ao receber um singelo “bom dia” pela manhã? Quando a pessoa que a gente convive está nessa situação sabemos que, em geral, trata-se de um mal-estar passageiro. Ela pode expressar sua dor de forma errada, magoando as pessoas ao seu redor, mas depois a vida volta a seu curso – e quem sabe acompanhada de arrependimento, perdão e restauração dos relacionamentos? Agora, quando isso não acontece, quando não há tratamento do coração ferido, crenças profundas podem se instalar ali, transformando aquele ser que passa a agir de modo egoísta, auto-protetor, pecaminoso. E como isso acontece quando o assunto são relacionamentos com fins conjugais…

Há alguns anos participei de um Ministério de clowns que levava a Palavra de Deus através de breves ilustrações. Em uma delas, tratamos sobre corações feridos por relacionamentos mau conduzidos. Ai está um trechinho da peça apresentada em um acampamento de jovens, no ano de 2007. — SPOILER: após outras duas tentativas de relacionamentos com moças o jovem da ilustração, já portando um coração despedaçado, descobre que o primeiro relacionamento pleno que ele deveria ter era com Deus. Somente assim estaria preparado para encontrar seu par ideal. E o fim da história foi realmente feliz.

Se você deseja se casar um dia é bom começar a construir relacionamentos saudáveis desde já.

 

Em primeiro lugar, com Deus, depois com sua família e por fim com a sociedade. Estando cheios do Espírito Santo podemos transbordar e ajudar aos outros a serem completos em Deus em vez de buscarmos nas pessoas afeto, atenção ou outra coisa qualquer que nunca nos completará. Não se engane: homem nenhum pode oferecer a plenitude de vida que encontramos no Senhor.

Talvez você, moça, nem saiba direito, mas esteja com o coração bem ferido. Talvez já tenha passado por tantas experiências desagradáveis que, na tentativa de evitá-las, simplesmente se fechou pro mundo. Acha que nenhum homem presta, que você é um fracasso no amor ou, ainda, que Deus te esqueceu. Talvez, você acredite não ser merecedora de respeito, de ser honrada como mulher, nem digna de ser amada, ouvida, considerada. Talvez você ache normal ser ignorada, sofrer danos característicos de assédio, fazer concessões que envolvam seu corpo, templo do Espírito Santo, fora de um contexto de casamento. Esse desejo que emana de seu coração e te faz desejar se relacionar com um semelhante precisa ser primeiramente suprido em Deus. É nEle que podemos ter a sabedoria (Tg 1:5) necessária para conduzir nossos relacionamentos terrenos de modo puro, santo e digno. 

Assim, antes de querer um namorado, queira ter seu coração plenamente restaurado por Deus para ser verdadeiramente sal e luz na terra (Mt 5:14). A partir daí, receba com gratidão tudo aquilo que Deus lhe conceder, incluindo as pessoas que Ele colocará em seu caminho para lhe ajudar a ser mais parecida com Cristo. Viva um dia após ou outro, com o foco certo, e deixe o Senhor lhe surpreender. Ele é especialista nisso.

Share

9 comments

  1. renata says:

    Gostei muito do que li aqui no seu site.Estou estudando o assunto,Mas quero agradecer por que seu texto foi muito valido. Obrigada 🙂

    • Elaine Martins says:

      Oi, Renata. Fico muito contente em ler seu recadinho! A boa obra que o Senhor começou há de ser completada na sua vida! 🙂 Faça dos seus aprendizados um canal de bençãos para ajudar outros. Um beijo! Elaine

  2. felipe says:

    Oi pessoal
    Esse site é mesmo surpreendente, queria dar os parabéns pelo trabalho de vocês.
    Sempre é bom obter novos conhecimentos, obrigado 😉

    • Elaine Martins says:

      Oi, Felipe!
      Eu que agradeço por suas encorajadoras palavras. Siga também no Facebook e Instagram. Sempre posto os conteúdos do blogue nos perfis @emdeusesperando.
      Um grande abraço
      Elaine

  3. renata says:

    Gostei muito do que li aqui no seu site.Estou estudando o assunto,Mas quero agradecer por que seu texto foi muito valido. Obrigada um beijinhu 😉

    • Elaine Martins says:

      Que bom, Aline! Siga também no Facebook e no Instagram. As atualizações são diárias! 🙂
      beijos
      Elaine

  4. Pingback: E os namorado?

Deixe uma resposta