Dia da Mulher

DiadaMulher

 “E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.”

Gênesis 2:22

E foi assim que, a partir de um decreto de Deus, teve início o primeiro dia da mulher! 😀

O que falar sobre a mulher contemporânea neste Dia da Mulher? Não consigo pensar em nada muito diferente de uma figura correndo de um lado para o outro, tentando fazer do limão uma limonada na gestão simultânea de um monte de coisas. Também vejo uma geração mais orientada para os estudos e carreira e menos orientada para ser ajudadora e mãe. E que, após anos de estudo e carreira, sofre a cobrança social – e muitas vezes pessoal – para ser ajudadora e mãe.

Ao meditarmos nos primeiros versículos da criação, lá em Gênesis, até antes da queda (Gn 3:6), percebemos plena ordem e harmonia em tudo o que Deus havia criado. Deus designou ao homem a função de cuidador do jardim do Éden (Gn 2:15) e à mulher a função de ajudadora. Cada um com seus papeis bem definidos, diferentes, porém complementares. No entanto, a desobediência de Eva (Gn 3:6) e de Adão (Gn 2:17) mudou os rumos da história, resultando em dor para toda a humanidade (Gn 3:16-17).

Por conta do pecado, sabemos que o mundo não funciona como deveria. Os papeis masculino e feminino, inicialmente tão claros, hoje estão bem confusos. Vivemos numa geração orientada para vencer sem reconhecer suas limitações. Homens e mulheres competem entre si, perdendo a oportunidade de valorizar suas diferenças para fortalecimento de toda a sociedade. Lembremo-nos do que disse Paulo em I Cor 11:12, “Porque, como a mulher provém do homem, assim também o homem provém da mulher, mas tudo vem de Deus.”

Por mais que se pareça um “mal da vida moderna”, trabalhar bastante e ao mesmo tempo ter que cuidar do bom andamento do lar não é exclusividade do nosso tempo. A mulher considerada virtuosa, descrita pela mãe do rei Lemuel lá em Provérbios, há mais de 2 mil anos, já fazia isso!

Ao analisarmos o capítulo 31 de Provérbios encontramos a descrição de uma mulher trabalhadora (Pv 31: 13-19,24), ajudadora de sua família (Pv 31: 21, 23, 27) e ajudadora da sociedade (Pv 31:20). E como ela conseguia realizar tudo isso? Ela era uma mulher temente ao Senhor, o que resultava em bençãos sobre tudo o que realizava.

Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. Provérbios 31:30

Minha querida irmã, ainda que a carga pareça demasiadamente pesada, neste Dia da Mulher quero lembrá-la que em Cristo somos mais que vencedoras (Rm 8:37). E nunca se esqueça: o caráter da mulher cristã não é revelado em suas características físicas, ou na carreira construída, tampouco em seu estado civil, mas em um coração que, com humildade, reconhece o poder do Senhor. A propósito, “o coração alegre aformoseia o rosto” (Pv 15:13).

Faça a diferença como mulher! 😀

Share