Não despertem o amor

*Por Camila Vieira

Uma das coisas mais interessantes bíblica e humanamente aliadas é o tempo. O livro de Eclesiastes mesmo diz muito a respeito disso, pois “para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu” (Eclesiastes, 3.1).

Receio que muitas pessoas relacionem esse versículo a relacionamentos, e estão certos. Não que o texto fale especificamente sobre isso, mas sabemos que a palavra é viva e eficaz, fonte de sabedoria e aplicável a toda a nossa vida. Sem dúvidas, nessa questão, tempo é imprescindível.

Gosto de pensar no preparo de um bolo. Devemos preparar a massa, sem pular etapas, sendo que cada ingrediente é necessário, o fazendo com zelo. Por fim, é preciso que a massa seja assada. Provavelmente você não fez isso (e espero que ainda não faça!), mas se tirasse um bolo do forno após 5 minutos após tê-lo colocado lá, com certeza você não ia querer comê-lo assim, ou pelo menos aquilo não seria um bolo de fato.

Assim é com relacionamentos entre casais. Para construir um relacionamento, primeiramente necessário que tenha todos os elementos em uma pessoa, como sabedoria, amor, responsabilidade, humildade e maturidade. Tendo todos os elementos na medida certa, devemos saber esperar o tempo devido, deixar as coisas fluírem ao tempo de Deus, que é quem define o que seremos na nossa plenitude.

Por fim, creio ser importante que moças e rapazes saibam do mesmo: meninas, aprendam como esperar por ele!

 “Mulheres de Jerusalém, eu as faço jurar: Não despertem nem incomodem o amor enquanto ele não o quiser.”
(Cantares, 8.4)

Observo dois pontos importantes nesse versículo. Primeiramente, que nós, mulheres, devemos esperar a iniciativa masculina. É importante ajudar os rapazes a serem os líderes que Deus deseja que sejam. Segundo, o amor é algo que cresce naturalmente quando você conhece ao Senhor e à medida que conhece a pessoa. Se precisar forçar a barra, provavelmente é paixão.

Que o Senhor lhes abençoe e permita ser a massa perfeita assada no tempo certo!


*Camilla Vieira é estudante e colunista do Não Morda a Maçã e do Projeto Puritanas
Share
Share
Curta e fique por dentro das novidades. ;)
Connect!