Sabedoria no falar e no postar

Efésios 4:29 – Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem.

Romanos 12:2 – Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus

*Por Fabiana Sommerfeld

Recentemente recebi, por e-mail, um devocional da Bíblia Online, exatamente com esse título: sabedoria no falar. Refletindo na proposta do devocional e nos textos referenciados (Efésio 4:29 e Romanos 12:2) lembrei do (sábio) puxão de orelhas que recebi recentemente por conta de um post que fiz no Facebook. Houve quem compreendeu o contexto e concordou comigo, mas houve quem não – muito pelo contrário, ao invés de receber graça na leitura, não foi edificado em nada!

Infelizmente, vivemos isso com frequência. Diariamente somos “atropelados” não apenas com postagens textuais, mas (principalmente) com postagens fotográficas ou imagens quaisquer compartilhadas de grupos. E, lamentavelmente, essas postagens ousadas têm sido cada vez mais frequentes no meio cristão! São moças (incluindo adolescentes) com decotes profundos, saias curtíssimas e maquiagens escandalosas (e por vezes muito mal feitas!), rapazes sem camisa com suas roupas íntimas de fora, casais expondo momentos íntimos e por aí vai…

Foto sensual com versículo

Acredito que se Paulo vivesse nos tempos de hoje, talvez ele escreveria o texto da seguinte forma: “Não saia do Face de vocês (ou Insta, Twitter, Pint ou sei lá mais o que) nenhum post torpe”! Quem dera tivéssemos tanta ousadia para evangelizar quanto tempo para criar posts nas redes sociais, ou ousadia para exortar e ajudar nosso irmão quanto temos para criticar o governo…

Precisamos ter sabedoria no falar e no agir. É extremamente fácil entrarmos em um círculo vicioso de murmurações e desculpas; precisamos trazer à memória aquilo que dá esperança, desenvolver a nossa fé, renovar nossa mente, reavivar nosso primeiro amor, viver de modo digno do evangelho.

Replicando um parágrafo do devocional, “a palavra útil para edificação ajuda a multiplicar o número de discípulos de Jesus. Uma palavra bem colocada, com graça, é um testemunho poderoso, se acompanhada de uma vida honesta e sensata. Se renovarmos nossa mente na Palavra de Deus, é natural que da nossa boca saiam palavras sábias e boas”.

Que as nossas palavras – imagens e ações – seja bem temperadas, trazendo esperança aos que a ouvem, lêem ou visualizam. Que mesmo sendo legítimas e realistas frente aos problemas atuais, elas conduzam as pessoas para o caminho certo: Jesus!


* AdmFabianaSommerfeldinistradora de empresas por formação, cozinheira por vocação, Fabiana Sommerfeld é membro da Igreja Batista Regular no Rio Pequeno, trabalhando como professora auxiliar na classe de Jovens II e como conselheira e discipuladora. É casada com Márcio Alessander.

 

Leia também:

8 dicas para a mulher cristã no ambiente online

Difamação e calúnia na rede: os perigos de compartilhar notícias falsas

Share
Share
Curta e fique por dentro das novidades. ;)
Connect!