Um devocional sobre provações

“E, para que me não exaltasse demais pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de que eu não me exalte demais;” – 2 Coríntios 12: 7.
Jesus nos advertiu que no mundo teríamos aflições (João 16:33). Embora a realidade do sofrimento não nos torne imunes à dor ou a sentimentos de pesar, ainda é possível encontrar esperança em meio às dificuldades. Confira três dentre as inúmeras razões pelas quais as provações podem ter uma finalidade benéfica na sua vida.
 
Provações nos tornam mais apegados à eternidade
 
Como diria o apóstolo Paulo, nossa luta contra a carne é constante pois temos dificuldade de fazer o que é certo (Gálatas 5:17). Como pecadores, somos inclinados a nos apegar a coisas passageiras e que, na grande maioria das vezes, não contribuem para a expansão do reino. 
 
Quando somos temporária ou permanentemente privados dos prazeres desse mundo, com provações que nos desafiam em áreas como a financeira, relacional e saúde, somos lembrados de nossa condição frágil e dependente do Senhor, um convite para voltarmos ao essencial. É aí que surgem momentos de extrema busca por Deus e uma intimidade que resgata o primeiro amor, fazendo-nos voltar os olhos para a eternidade.
 
Provações nos aperfeiçoam
 
Situações difíceis oferecem uma oportunidade ímpar de aprendizado que convida à mudança. Em 2 Coríntios 12: 7, lemos que Paulo  teve o privilégio de compreender a razão pela qual Deus permitiu que ele passasse por uma dura prova. Naquela situação, o apóstolo entendeu que o problema enfrentado tinha o propósito de mantê-lo humilde, uma vez que as revelações que Deus lhe deu com exclusividade poderiam fazê-lo sentir-se mais importante que os outros. Este é um belo exemplo de que provações podem nos aperfeiçoar em áreas como humildade, confiança, ansiedade, dentre muitas outras.
 
Provações nos ajudam a ajudar pessoas
 
Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação;
Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus. 2 Coríntios 1:3,4
Quantas vezes, ao passarmos por situações difíceis, nos lembramos de pessoas que já passaram por provas ainda mais complicadas sem perder o ânimo e mantendo o bom testemunho? Durante nossas provas podemos ser encorajados por quem já passou por situações similares, o que nos encoraja a perceber que é possível seguir em frente. A comunhão entre os irmãos é preciosa não somente nos momentos de alegria como também nos de dificuldades.
 
Ao contrário de Paulo, nem sempre compreenderemos com clareza os propósitos de determinadas circunstâncias. Seja como for, em meio às provações lembre-se da imutabilidade do caráter de Deus; que tudo coopera para o bem daqueles que o amam (Romanos 8:28); que Deus não permite problemas maiores do que possamos suportar; e que Ele fornece os meios para superarmos as provas (1 Coríntios 10:13).
 
Você pode gostar também:
 
🌻Gostou desse conteúdo? Compartilhe. Gostou ainda mais e deseja reproduzir em seu site ou preparar um estudo partir do que acabou de ler? Respeite os direitos autorais citando a fonte e o endereço desta página.
Share

Deixe uma resposta