Vivendo por um fio

“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações.” – Salmo 46:1

*Por Diogo Henrique

Acredito que as vidas de muitos cristãos se assemelham com a de um equilibrista. Estão em cima de vários objetos tentando se equilibrar no meio de tantos problemas – talvez saúde, finanças, familiares, dentre outros. Parece-nos que o Salmo 46 foi escrito exatamente para pessoas que estão sem esperança, no limite.

Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. (Selá.) Salmos 46:2,3

Nos versos 2 e 3 percebemos o caos ocorrendo – terremotos, maremotos, falta de água. Mas mesmo em uma situação adversa é que vem a proposta do salmista: Confie em Deus – Se Ele fez os céus, a terra e o mar, por que ter medo?

Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã. Salmos 46:4,5

Nos versos 4 e 5 aprendemos que há um rio que traz alegria, confiança e ajuda vindo da parte de Deus. Avalie: além destas características, do que mais precisamos no meio do caos? De mais nada! A Sua presença em nós, no meio de nós, deve ser suficiente para todos os problemas que passamos. Tudo isto nos tem sido oferecido graciosamente e gratuitamente e o que precisamos é usufruir destes recursos, parar de confiar nos nossos próprios méritos e confiar no Deus TODO-PODEROSO.

Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu. O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.) Vinde, contemplai as obras do Senhor; que desolações tem feito na terra! Salmos 46:6-8

Dos versos 6 ao 8 aprendemos que se confiarmos em Deus não significa que não teremos mais problemas. Eles continuarão lá, mas o que o salmista ensina é que temos uma nova perspectiva deles. Antes, tínhamos medo e pavor. Agora, não mais porque vemos Deus agindo.

Ao invés de vivermos “No Limite” precisamos lançar mais nossas ansiedades em Cristo, conforme I Pedro 5:7 nos ensina.

Vocês confiam e acreditam que Deus tem poder para resolver os seus problemas?

Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra. Salmos 46:10

Para finalizar, o salmista usa os versículos 10 e 11 para deixar o grande desafio para os que estão vivendo no limite da vida: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus…”. Quando realmente sabemos quem Deus é, quando andamos em comunhão com Ele, quando olhamos mais para o que Ele pode fazer e menos para o que nós podemos fazer, nós realmente poderemos nos acalmar. E, quando vemos o agir de Deus, o Seus livramentos e a Sua poderosa mão podemos exaltá-Lo e mostrá-Lo para todas as nações que não existe Deus como nosso Deus.

Que o Senhor nos dê graça, que nos ajude nesta semana a não ficarmos sobrecarregados, mas confiantes no que Ele pode fazer.


*Diogo Henrique é pastor da Igreja Batista Esperança. Conteúdo originalmente publicado no boletim da IBE com reprodução autorizada pelo autor.

Share

Deixe uma resposta